quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Crônicas da Rotina?!*

Crônicas da Rotina?!

E eu pensava em escrever algo.
Incrível como os pensamentos escorrem...
Às vezes até parecem moscas!
Vão e voltam, voltam e vão, vão e voltam, voltam e vão... pá pá pá...
Falta a batida...Hey!
Eu posso te ouvir cantar...
E posso ver a mosca te levar...
Levar agonizando no escuro de um cubo de vidro...
Cor de pérola rósea...
E do nada, eu me vejo nas divagações, quando apenas pretendia escrever um texto inútil e sem conteúdo aparente...
Aparência...
Não somos ligados à ela...
Mas a queremos...
Hipocrisia da mente, não?
E essas demências vem e vão, vão e vem, vem vem vem...
Vão...
Um incenso de Lavanda pairando no mar...
A fumaça esmagando o ar...
E a sintonia da brisa, na xícara de café no parapeito à mercê do destino...
Eu estava me perguntando...
Qual motivo das cores circundarem minha mente?
Elas aparecem em todos títulos, frases, palavras, pensamentos...
Coisas sem sentido na mente medíocre...
Já viu cinza verde?
Ou lado verde da Lua?
Roxas pétalas de Pandora?
Sintonia azul meia-luz e bossa nova de Pam?
Eu não sei de nada.
eu apenas sei tudo...

(Lady Bel Nepthuny)*

Nenhum comentário: