sábado, 1 de março de 2008

Conversas Psicodélicas com My Love

Conversas Psicodélicas com My Love

Bom... Seguindo o que eu alto contigo pensava...
O Amor não se conquista, Minha Querida!
Ele simplesmente nasce. Assim. Simples Assim.
O Sol não nasce todos os dias?!
O Amor não se conquista não...
Quem conquista são espanhóis, americanos, terroristas,
Produtos eletrônicos e bárbaros de todos
Os tempos do homem...
Mas me diga, minha querida, é você um resultado
Completo e feliz dessas conquistas?!
Porque as conquistas são como que jogos
Para as almas apaixonadas,
Porém você sabe, minha querida,
Que é o Amor o anjo-de-guarda
Da paixão em sua lutar kármica
Nos longos vales da ilusão?!
Por isso o Amor está além da paixão...
Por isso as estrelas estão além dos nossos jardins.
Conquistar o Amor é algo como
Afogar-se em um mar de sede...
Como ter todas as condições
De enxergar e não ver
O quão simples é nascer-se
Todos os dias para o Amor...
Como o Sol assim o faz
Desde um tempo que minha memória
Sequer lembrava de mim!
Mas lembre-se, minha querida!
Que podemos sim conquistar...
Um tanto mais de entendimento e resignação.
Um tanto mais de sabedoria e perdão.
Mas para o Amor...
Apenas e simplesmente
Sejas!
E nasças todos os dias sempre!

(Saturno)
(02/2007)
Jesus is the real Love!

Nenhum comentário: